Para orientar o paciente, nesse tópico colocamos os sintomas mais frequentes relatados pelo pacientes. Analisei mais de 35.000 prontuários de pacientes atendidos por mim nesses quase 30 anos de experiência em urologia.
Colocamos numa linguagem leiga tal quais os pacientes se referem a eles quando chegam para consulta:

DOR OU ARDOR PARA URINAR: indica inflamação ou infecção das células do epitélio da uretra

Doenças mais comuns:
• Infecção urinaria
• Doenças venéreas (DST) + corrimento
• Passagem de pedras
• Traumas

JATO FINO OU DIFICULDADE PARA URINAR: Indica problemas obstrutivos que dificultam a passagem da urina.

Doenças mais comuns:
• Aumento da próstata
• Cicatriz na uretra
• Estreitamento da uretra

URINA COM SANGUE: Normalmente ocorre um fenômeno que facilita o sangramento nas vias urinarias. Alguma infecção das células do trato urinário, ou traumas que machucam as vias urinaria.

Doenças mais comuns:
• Em jovens são infecção, passagem de pedras, doenças venéreas, em idosos além das doenças acima temos que considerar os tumores de bexiga e rim.

URINAR TODA HORA: Alguns pacientes podem de repente começar a urinar mais vezes durante o dia ou noite. Em pacientes mais jovens normalmente pode ocorrer por infecções, doenças venéreas ou também por ansiedade, ou simplesmente por aumento da ingesta hídrica ou no frio onde se transpira menos e, portanto urina mais vezes.
Em pacientes idosos o aumento prostático pode dar esse sintoma. Doenças sistêmicas como diabetes ou remédios de pressão também em mulheres pode ocorrer a chamada bexiga hiperativa, onde a musculatura da bexiga fica mais “Rebelde” e da vontade de “urinar toda hora”.

ESCAPE OU PEDRA DE URINA: Esse sintoma pode ter diferentes tipos: Perda de urina quando tem vontade premente de urinar e não da tempo de chegar ao toalete : Nesse caso, geralmente são sintomas irritativos na bexiga( inflamações , infecções, alterações prostáticas ). Algumas doenças neurológicas pode ocasionar isso perda de urina quando faz esforço para tossir, rir, espirrar ou carregar peso. Esse tipo ocorre mais em mulheres de meia idade ou idosas . Indica alteração do mecanismo esfincteriano e é chamado incontinência de esforço perda de urina sem perceber. Quando a pessoa perde urina , molha a roupa e não percebe mais raro ocorre em doenças neurológicas ou traumas de coluna com paralisias.

CÓLICA RENAL: Dor muito forte nas costas, ao nível da ultima costela que pode irradiar para os testículos ou grandes lábios, muitas vezes vem de repente pode durar minutos ou horas. Geralmente leva os pacientes a procurar o pronto socorro pode vir acompanhado de vômitos.
Doenças mais frequentes: Aquelas que causam obstrução (entupimento) parcial ou total de parte da via urinaria, as mais comuns são as pedras e estreitamento da junção pielocalicial.

SECREÇAO OU CORRIMENTO URETRAL: Pode estar acompanhado de ardor para urinar ou não geralmente indica uma doença venérea.

VERRUGAS EM PÊNIS OU PUBIS: A causa mais comum e por HPV, um vírus que pode se contrair por contato sexual.

VESICULAS OU BOLHAS EM PÊNIS: Geralmente pequenas únicas ou não onde vemos tipo uma espinha com um liquido aquoso que pode se romper e ficar so a ferida geralmente da dor ou coceira. Essas lesões são típicas do herpes genital.

MANCHAS EM PÊNIS: Normalmente coceira ocorre por inflamação ou traumas (esfolado em relação sexual).
Doenças mais frequentes: Infecção por fungo (Candidíase); Alergias (Borracha do preservativo) ou machucado em relações sexuais.

VERMELHIDÃOE COCEIRA EM PÊNIS (NA GLANDE): Geralmente provocada por fungos (Candidíase). Pode aparecer uma secreção esbranquiçada que gruda na glande (cabeça do pênis). Costuma aparecer em queda da imunidade, umidade (muito tempo com calção molhado) < diabetes melitus.
Alguns tipos de alergia podem também provocar esses sintomas.

NODULAÇÕES E CURVATURA PENIANA: A causa mais comum é a DOENÇA DE PEYRONIE. O pênis começa a ter áreas endurecidas internas, e pode ocorrer curvatura para o lado em que apareceu o caroço. Normalmente causada por inflamação auto-imune.

DOR NOS TESTICULOS
Muito comum, principalmente em jovens. Pode ser isolada, unilateral ou bilateral quando só ocorre a dor sem aumento do testículo, pode ser por causa muscular (comprime o cordão) ou por micro traumas ou ainda dor irradiada (por exemplo por pedra renal).
Quando ocorre com aumento do testículo pode ser causada por inflamações ou infecções.

SANGRAMENTO NO ESPERMA
Pode acontecer em qualquer idade após adolescência. Ao contrario do que se possa aparecer raramente esta associada a câncer.

Doenças mais comuns: inflamações ou infecções das vesículas seminais , do deferente (canal onde passa o esperma) traumas durante a relação sexual.

DIFICULDADE DE TER OU MANTER A EREÇAO- IMPOTÊNCIA
Vários problemas podem causar esse desagradável sintoma, como por exemplo, stress, alterações psicológicas como ansiedade e insegurança.
Causas orgânicas como alterações dos vasos sanguíneos causados, por exemplo, pela diabetes, colesterol e mais.

FALTA DE APETITE SEXUAL (Libido):
Geralmente causado por deficiências da testosterona ou por fatore psicológicos associados ao stress.